No meu interior tem Deus

Sexta-feira, 4 de Junho de 2010

Amor maiúsculo

Um homem, de idade avançada, deslocou-se a uma clínica, para fazer um curativo numa mão. Estava apressado, dizendo-se atrasado para um compromisso. Durante o tratamento, o enfermeiro perguntou-lhe qual o motivo da pressa. Respondeu que precisava de ir a um asilo para, como sempre, tomar o pequeno almoço com a sua mulher, que lá estava internada. Afirmou que ela já estava algum tempo nesse lugar porque tinha um Alzheimer bastante avançado. Enquanto o clínico acabava de fazer o curativo, perguntou-lhe se a esposa não ficaria preocupada pelo facto de ele chegar mais tarde.

- Não – disse ele. Ela já não sabe quem eu sou. Faz quase cinco que não me reconhece.

Estranhando, perguntou-lhe o enfermeiro:

- Mas… se ela já não sabe quem o senhor é, porquê essa necessidade de estar com ela todas as manhãs?

O bom homem sorriu, deu-lhe uma palmadinha no ombro e disse-lhe:

- É… Ela não sabe quem eu sou, mas eu, contudo, sei muito bem quem é ela.

«Meus olhos lacrimejaram enquanto ele saía. E pensei: esse é o género de amor que eu quero para a minha vida» - concluiu o enfermeiro.

O verdadeiro amor não se reduz ao físico nem ao romântico. O verdadeiro amor é a aceitação de tudo o que o outro é, do que foi, do que será e…do que já não é.

(Autor desconhecido)

 

publicado por Padre João Pires, Pároco dos Altares e Raminho às 11:46
| comentar

Tradutor

posts recentes

Um Presépio em 1926

Deus existe? O Mal existe...

Façam o favor de ser feli...

O valor das pequenas cois...

O CORAÇÃO DE JESUS

Vai de férias com Deus!

Um alpinista sem fé

Partilhando

TEMPO DE ESPÍRITO SANTO

Santíssima Trindade - Tri...

Juventude e religião

CONTADOR


Contador Grátis

Oração do amigo- Gabriel Chalita

Banda Dominus Padre Fábio Ivete Sangalo Não estou sozinho

links

A autoridade é para servir - Pe. Fábio de Melo

A Paz Pe Fabio de Mello e Roupa Nova 30 anos Oficial

Viver Pra Mim É Cristo - Padre Fábio de Melo

SÓ DEUS BASTA